Vantagens de viajar pelo sul da França na primavera

Vantagens de viajar pelo sul da França na primavera

26/03/2019 0 Por Julia Dantas
Compartilhe:

São muitas as vantagens de viajar durante a primavera na França: o clima está mais ameno, a paisagem está florida e os dias ficam mais longos. Além disso, o período de férias na Europa começa apenas no final de junho. Ou seja: as atrações estão menos lotadas e os preços, mais acessíveis. Esta também é uma época propícia para ficar mais tempo no país e viajar pelo sul da França.

Na região da Provence, a gastronomia, os vinhos, a história e a arte oferecem uma autêntica experiência francesa. Já se você quer curtir o sol do mediterrâneo, a primavera é o período ideal para uma passagem pela Riviera Francesa antes do início da alta temporada.

Neste artigo, você vai conhecer todas as vantagens de viajar para o sul da França durante a primavera. Além disso, sugerimos alguns destinos que não podem faltar no seu roteiro pelo mediterrâneo francês. Confira!

Sul da França na primavera: clima ensolarado e festivo

A primeira vantagem da região em relação a Paris está no clima. O sul da França é, em média, 5 graus mais quente do que a região de Paris ou do Vale do Loire. Na primavera, a variação térmica é grande. Por isso, esses 5 graus podem fazer bastante diferença no conforto durante os passeios matutinos e saídas noturnas.

Temperatura Paris e Cannes mês a mês. Fonte: Meteovista.fr
Temperaturas mês a de mês Cannes (acima) e Paris (abaixo). Fonte: Meteovista.fr

O sul da França também é menos chuvoso do que Paris durante a primavera. Maio, por exemplo, é o mês mais chuvoso na capital e na região central da França.

Índice de precipitação mês a de mês Cannes (acima) e Paris (abaixo). Fonte: Meteovista.fr

Índice de precipitação mês a de mês Cannes (acima) e Paris (abaixo). Fonte: Meteovista.fr

Já no sul, embora haja um pouco de chuva, este não é o período de pico, que se concentra entre outubro e novembro. Vá para o sul e terá a garantia de mais horas de sol!

Horas de sol diárias  mês a de mês Cannes (acima) e Paris (abaixo). Fonte: Meteovista.fr
Horas de sol diárias mês a de mês Cannes (acima) e Paris (abaixo). Fonte: Meteovista.fr

Além do clima, o sul da França também recebe eventos internacionais durante primavera. É no mês de maio, por exemplo, que celebridades do mundo todo desembarcam na França para o Festival de Cannes. No mesmo mês, os amantes de Fórmula 1 têm a oportunidade de prestigiar o Grande Prêmio de Mônaco nas curvas da Riviera Francesa.

Cidades do sul da França para visitar na primavera

O sul da França possui destinos para todos os perfis de viajante. Ruelas estreitas, cenários floridos, contato com a natureza, agito: nada fica a desejar debaixo do sol do midi. Até mesmo as praias da Riviera Francesa começam a encher durante a primavera: mesmo com as águas frias, já é possível ver europeus colocando o bronzeado em dia debaixo do sol quente do mediterrâneo.

Para te ajudar a montar o seu roteiro, montamos uma lista com os destinos mais atrativos para montar o seu roteiro pelo sul da França durante a primavera.

Nîmes – a “Roma francesa”

Pont du Gard em Nîmes, França
A Pont du Gard é um dos monumentos dos tempos romanos em Nîmes. (Foto: Divulgação/OT Nîmes)

Em Nîmes, também chamada de “Roma francesa”, história e natureza se misturam. Assim como Arles, Nîmes foi uma cidade-modelo durante o Império Romano e possui monumentos ainda em funcionamento para visitação. No começo de junho são realizadas as celebrações da Feria de Pentecôte, festa mais importante da cidade. São seis dias de fanfarras, corridas de touro e touradas dentro das arenas romanas.

Além das arenas, da Maison Carré, da Tour Magne e do Templo de Diana, aproveite a primavera para passear com calma nos Jardins de la Fontaine. A Pont du Gard, um aqueduto romano de 49 metro de altura e 275 metros de extensão, é outro passeio imperdível. Lá, é possível andar de barco pelo rio Gardon para contemplar o monumento.

Aix-en-Provence – arte e gastronomia

França na primavera - Aix-en-Provence - Mercado de flores, furtas e legumes
Ir para Aix é fazer uma viagem entre cores, perfumes e sabores provençais. (Foto: R. Cintas-Flores/Divulgação)

Conhecer Aix-en-Provence é um misto de percurso gastronômico e artístico. Foi entre as suas “mil fontes” que o pintor impressionista Paul Cézanne nasceu e morreu. Hoje, a cidade oferece diversas atrações para quem deseja percorrer os passos do artista aixois. Quadros do artista estão expostos no museu Granet, que possui o melhor acervo de arte moderna da região e é imperdível.

Na primavera, ainda é cedo para fotografar os campos de lavanda – elas florescem no final de junho. Porém, os vinhedos da região
valem a visita, como o de Côteaux d’Aix-en-Provence. Não é à toa que o rosé da região é considerado um dos melhores do mundo! Aproveite para degustá-lo nos inúmeros bistrôs charmosos especializados em culinária provençal.

Marselha – cultura mediterrânea em ebulição

Marselha - Pôr do sol no MuCEM
O pôr do sol no MuCEM é um espetáculo à parte para quem vai a Marselha. (Foto: Patrice Aguilar/Divulgação)

Embora seja parada obrigatória dos cruzeiros pelo mediterrâneo, Marselha é preterida por muitos viajantes que passam pelo sul da França. Isto porque, à primeira vista, a cidade não oferece a experiência francesa “empacotada” para turistas. De fato, a cidade tem uma bagunça e um estilo próprios que criam um contraste com a imagem típica da provença.

Porém, se você deseja vivenciar a França mediterrânica, inclua Marselha no seu roteiro. Lá você poderá ter um gostinho de uma cultura pulsante e em constante transformação. Passeie pelo Velho Porto, visite o MuCEM, suba o Le Panier e desfrute da vista na Catedral Notre Dame de La Garde… Visite a cidade de coração aberto e não se arrependerá.

Cassis – praia e natureza exuberantes

Cassis - porto
Porto em Cassis. (Foto: Patrice Aguilar/Divulgação)

Cassis seduz os visitantes com o seu porto pitoresco, seus cafés e restaurantes com terraços ensolarados, ruelas estreitas e pelas casas coloridas de pescadores. O cenário fica ainda mais fotogênico durante a primavera, já que a cidade é conhecida pelo contato direto com a natureza. Prepare-se para tirar muitas fotos extremamente “instagramáveis”!

Vizinha de Marselha, Cassis é o destino ideal para conhecer alguns dos mais belos Calanques da região. Faça uma das várias trilhas pelo Parque Nacional. Você vai ficar embasbacado com as vistas do oceano de mar azul profundo do mediterrâneo. Se estiver sol, leve toalha e roupa de banho: mesmo nas águas frias, vai ser impossível resistir a um mergulho.

Cannes – a capital da sétima arte

(Foto: Divulgação Tourisme Cannes)

Se você busca glamour e, quem sabe, ver algum artista de Hollywood de perto, inclua Cannes no seu roteiro no final de maio. É nesta época que ocorre todos os anos o Festival de Cinema de Cannes, prestigiado evento que leva as celebridades mais “hypadas” do cinema para a Riviera Francesa. Seja anônimos ou famosos, o desfile de roupas de gala é garantido.

Mesmo quem não vai ao Festival pode curtir a cidade e aproveitar a atmosfera cinéfila. Você pode assistir a um filme clássico na praia nas sessões do Cinema de La Plage, conhecer as praias da região ou imaginar de quem são os iates que ficam atracados na baía nos dias de festival… Quem curte vida noturna também possui inúmeras opções de terraços e rooftops para brindar à boa vida.

Mônaco – no rastro da Fórmula 1

Uma das curvas mais famosas do GP de Mônaco.
Uma das curvas mais famosas do GP de Mônaco. (Foto: Divulgação)

O Grande Prêmio de Mônaco, percurso de Fórmula 1 mais famoso do mundo, ocorre todos os anos no final de maio. O Principado de Mônaco fica a apenas 50 quilômetros de Cannes e é um bom passeio para quem estiver na região. Mesmo quem não comprou ingressos pode tentar assistir aos carros passando em alguns pontos abertos pela cidade.

Se você não é muito fã de corrida, terá outros motivos para esticar até Mônaco. Primeiramente, poderá dizer que pisou em uma cidade-Estado em que vigora a monarquia! Além disso, terá a oportunidade de passear pelo Rochedo ou pelo bairro de Monte Carlo. Crianças vão adorar o Museu Oceanográfico. E,se estiver se sentindo com sorte, aposte suas fichas no Cassino de Monte Carlo!

Nice – a capital da Riviera Francesa

O que fazer em Nice, França. Promenade des Anglais
A imperdível Promenade des Anglais em Nice, França. (Foto: Julia Dantas/Roteiro França)

Se Marselha é a capital do mediterrâneo na França, Nice é a capital da Riviera Francesa. Por isso, uma passagem pela região ficaria incompleta sem incluir a cidade no roteiro. Além disso, não é só pelo calor e pela baixa temporada que você deve visitar Nice na primavera. Entre março e abril, acontece o Festival dos Jardins, que transforma o visual da cidade e é uma atração à parte para os amantes de paisagismo.

Comece o dia no mercado de flores, frutas e legumes do Cours Saleya, onde você poderá sentir os perfumes da estação e degustar delícias locais, como a socca ou a panisse. Depois de conhecer o centro velho (Vieux Nice), aproveite o sol e caminhe entre as palmeiras da Promenade des Anglais. Termine o passeio com um sorvete italiano enquanto escolhe o seu próximo programa. Em Nice, opções nunca vão faltar!

Quando começa a primavera na França?

Programe-se! A primavera na França (hemisfério norte) começa no dia do equinócio de março, ao mesmo tempo em que o outono começa no Brasil (hemisfério sul). A data exata pode variar ano a ano, mas a primavera na França em 2019 vai do dia 20 de março ao dia 21 de junho.